Max Planck

Max Karl Ernst Ludwig Planck (Kiel, 23 de abril de 1858 — Göttingen, 4 de outubro de 1947) foi um físico alemão. É considerado o pai da física quântica e um dos físicos mais importantes do século XX. Planck foi laureado com o Nobel de Física de 1918, por suas contribuições na área da física quântica.

Max Planck
Max Planck em 1933
Constante de Planck, Postulado de Planck, Lei de Planck
Nascimento 23 de abril de 1858
Kiel, Schleswig-Holstein
Morte 4 de outubro de 1947 (89 anos)
Göttingen, Baixa Saxônia
Residência Kiel, Munique
Sepultamento Stadtfriedhof de Göttingen
Nacionalidade Alemã
Cidadania Império Alemão, República de Weimar, Alemanha Nazista
Etnia alemães
Filho(s) Erwin Planck
Alma mater Universidade de Munique
Ocupação físico teórico, professor universitário
Prêmios Medalha Helmholtz (1914), Nobel de Física (1918), Medalha Franklin (1927), Medalha Lorentz (1927), Medalha Copley (1929), Medalha Max Planck (1929), Guthrie Lecture (1932), Medalha Harnack (1933)
Empregador Universidade de Munique, Universidade de Kiel, Universidade de Frederico-Guilherme, Universidade Humboldt de Berlim
Religião Cristão
Causa da morte ataque cardíaco
Assinatura
Orientador(es) Alexander von Brill
Orientado(s) Max Abraham, Richard Becker, Walther Bothe, Walter Gordon, Gustav Ludwig Hertz, Erich Kretschmann, Ernst Lamla, Max von Laue, Julius Edgar Lilienfeld, Walther Meißner, Fritz Reiche, Moritz Schlick, Walter Schottky, Erich Schumann
Instituições Universidade de Kiel
Universidade de Berlim
Universidade de Göttingen
Sociedade Kaiser Wilhelm
Campo(s) Física
Tese 1879: Über den zweiten Hauptsatz der mechanischen Wärmetheorie
This article is issued from Wikipedia. The text is licensed under Creative Commons - Attribution - Sharealike. Additional terms may apply for the media files.