Vera Cruz

Vera Cruz é a denominação dada às relíquias provenientes da verdadeira cruz em que Jesus Cristo foi crucificado.

 Nota: Para outros significados, veja Vera Cruz (desambiguação).

Segundo historiadores dos últimos períodos da Antiguidade, a imperatriz Helena de Constantinopla (c. 250 d.C.–c. 330 d.C.), mãe do imperador Constantino, o primeiro imperador cristão de Roma, numa data posterior a 312 d.C. quando à Cristandade foi dada liberdade de culto em todo o Império, teria viajado à Terra Santa, fundando igrejas e agências de socorro aos necessitados. Teria sido nessa época que a imperatriz descobriu três cruzes usadas na crucifixão de Jesus e de dois ladrões, Dimas e Gesmas, que foram executados com ele. Um milagre revelou qual das três era a cruz verdadeira, a Vera Cruz.

Relíquias

Por volta de 455, Juvenal também enviou ao papa Leão I um fragmento da Vera Cruz.[1][2]

Referências

  1. Epístola 139. To Juvenal, Bishop of Jerusalem. (em inglês). [S.l.: s.n.] |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda); na P.L. LIV, 1108
  2. "The True Cross" na edição de 1913 da Enciclopédia Católica (em inglês). Em domínio público.

Ligações externas

This article is issued from Wikipedia. The text is licensed under Creative Commons - Attribution - Sharealike. Additional terms may apply for the media files.